Mangolão

Cara idiota, nada a ver, muito chato mesmo, geralmente nunca popular na escola. Fonte: http://www.dicionarioinformal.com.br/mangol%C3%A3o/

Mu-mu

Termo usado para se referir ao doce de leite vendido em pote. Na verdade é uma marca de doce de leite muito famosa e conhecida no sul. Inclusive, no centro da cidade, nas praças e parques como o Brique da

Negrinho

Brigadeiro – o doce brasileiro delicioso feito de leite condensado e chocolate.

Pechada

Acidente de trânsito. Normalmente usada para uma batida entre dois veículos.   Fontes: Google:  substantivo feminino B S. 1. embate de dois cavaleiros ou entre um cavaleiro e um animal desmontado, vindos de lados opostos. 2. qualquer encontrão, batida. Dicionário informal: http://www.dicionarioinformal.com.br/pechada/

Quechimia

Tipo de queijo cremoso, parecido com o quark ou cottage. Só tem nas regiões de colonização alemã do sul. Item indispensável no café colonial servido nos restaurantes especializados do RS.

Se arriar

O mesmo que zoar. Quando alguém está zoando o amigo, no RS ele está “se arriando” no amigo. Aquele seu amigo que adora zoar a galera, pra nós no RS, ele é um cara arriado, que vive se arriando em

Se puxar

Quando o cara se esmera em alguma coisa. Às vezes o vivente “se puxa” numa coisa boa, tipo faz um ótimo churrasco: “Bah! Te puxou no churrasco hoje, heim fulano?!”. Outras “se puxa” em algo que não teve um resultado tão

Torrada

O mesmo que misto quente. No RS torrada é um sanduíche que leva duas fatias de pão, manteiga/margarina/requeijão/quechimia, fatia de presunto/peito de peru/mortadela ou linguiça e algum tipo de queijo. Pode incluir ovo. Isso tudo prensado numa torradeira, chapa ou

Trancar

Trânsito engarrafado. O trânsito no Rio Grande do Sul não pára, ele tranca. As avenidas da capital ficam trancadas em horários de rush. Tudo que tem um fluxo ou um comportamento contínuo e pára de repente, no RS pode-se usar